Projetos

10 MINUTOS A LER

A ciência e a observação empírica têm mostrado amplamente o quanto o contacto com o livro e a prática regular da leitura são indispensáveis para o desenvolvimento do gosto de ler, a consolidação dos hábitos leitores e o aumento das competências de literacia. Quem lê, lerá sempre mais e melhor, e ficará mais bem preparado para a vida. É por isso que ler todos os dias é tão importante.

Para estimular a criação de uma rotina de leitura na família, nas creches, nos jardins de infância, nas escolas, na academia, no trabalho e no lazer, o Plano Nacional de Leitura (PNL2027) lançou o repto: Ler sempre. Em qualquer lugar.

É no âmbito deste repto que se enquadra o desafio dirigido, este ano, às escolas dos 2.º e 3.º ciclos do Ensino Básico e do Ensino Secundário da rede pública, para que instituam no seu quotidiano a atividade diária da leitura por prazer. Esta pode ter lugar a qualquer hora e em qualquer espaço e contexto escolar, formal ou não-formal: na sala de aula, na biblioteca, nos laboratórios, no refeitório, no ginásio, no pátio, ... Não interessa onde se lê, mas que a todos seja dada a oportunidade de o fazer todos os dias, escolhendo para tal um texto da sua preferência.

MIÚDOS A VOTOS

«Miúdos a Votos» está ON! Depois de uma campanha extraordinária que decorreu durante o calendário previsto, levar a bom porto uma iniciativa que envolveu tantos alunos e tantos professores, e com tanto empenho, é a melhor forma de fazer justiça ao extraordinário trabalho já desenvolvido. Assim, e apesar da situação que estamos a viver, decidimos manter a realização das eleições dos 'Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?' a 21 de abril, e concluir todo o projeto.

Infelizmente, não será possível realizar as eleições presencialmente, como todos gostaríamos. A votação far-se-á eletronicamente. Muitos das regras de umas eleições políticas não poderão ser aplicadas, mas acreditamos que o momento poderá ser aproveitado para traçar diferenças, e, assim, explicar porque são importantes as formalidades cumpridas numas eleições políticas, realizadas presencialmente. Contamos com o apoio da Comissão Nacional de Eleições para prestar esses esclarecimentos.

O sistema encontrado permite o anonimato e a unicidade do voto, mas não garante, infelizmente, a universalidade do voto, já que só poderão os alunos que tenham acesso a um computador e a uma conta Google.

A campanha eleitoral decorrerá até 19 de abril, sendo dia 20 o dia de reflexão. A troca de ideias poderá agora desenrolar-se nas plataformas digitais, onde muitos dos alunos e bibliotecas já tinham desenvolvido atividades. A Rádio Miúdos (www.radiomiudos.pt) transmitirá de novo os tempos de antena, a partir de amanhã, terça-feira, e até domingo, às 12h30, 18h30 e 20h. Todos os podcasts produzidos pelas escolas (mais de 350) estão disponíveis também no canal de «Miúdos a Votos» no sítio da VISÃO Júnior, em www.visaojunior.pt (ver lista em anexo).

A votação decorrerá online, no dia 21 de abril, entre as 8h30 e as 18h30.

Os resultados da votação nacional serão anunciados, como inicialmente previsto, a 27 de maio, numa cerimónia que agora decorrerá online, e na qual os alunos vão poder participar.

 

EB 1/ JI  de S. Roque

 EB 2,3 João de Meira

Guimarães

 EB 1 de Oliveira do Castelo

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now